Governo cria programa para que startups contribuam com desafios do poder público 24/09/2015

O Governo do Estado de São Paulo está convidando startups para encontrar soluções para desafios do poder público. A primeira edição do Pitch Gov foi lançada no dia 17. As inscrições para as empresas apresentarem suas propostas estão abertas e devem ser feitas até 18 de outubro, pela internet. O Centro Paula Souza é uma das instituições que devem ser beneficiadas com ideias e inovações vindas dessa iniciativa.

Foram definidas como áreas prioritárias a Educação, a Saúde e as facilidades ao cidadão. Ao todo, essas áreas apresentaram 35 questões que precisam de uma solução inovadora. O Paula Souza propôs cinco desafios: Como fazer um registro automático da presença ou ausência dos alunos nas aulas? Como produzir informações relevantes a partir de dados de presença e participação para melhorar o desempenho dos alunos? Como criar um sistema de interação social entre professores, alunos, pais e gestores? Como otimizar o consumo de energia elétrica, água e outros itens de custeio e infraestrutura nas unidades escolares? Como otimizar a produção de alimentos nas 34 escolas agrícolas do Centro Paula Souza auxiliando na redução de custeio de merenda?

A lista completa dos desafios que precisarão ser solucionados pelas 15 startups escolhidas, bem como as regras da disputa, estão disponíveis no site do Pitch Gov.

"É a primeira iniciativa do País e da América Latina. Nós estamos extremamente entusiasmados de poder trazer, através das startups, novas propostas, novas soluções para os desafios de governo, que não são pequenos, e com inovação. Então, estamos muito otimistas", afirmou o governador Geraldo Alckmin, durante o lançamento.

Voltar